terça-feira, 21 de outubro de 2008

Horário de Verão?


Há uma pergunta que os novatos do caminho fazem nesta época do ano: E o horário de verão?

Vai aqui a resposta: Ignore. A configuração astral não vai seguir nenhum decreto presidencial. Nem que Saturno dance bambolê, Plutão vai adiantar sua marcha para se adequar aos nossos relógios, ainda mais depois de terem-no rebaixado.

Eu estou enfrentando uma dificuldade, pois saio do emprego às treze (entro às 07h, mas chego às 06h30), só que 13h agora chegam às 12h, momento em que minhas preces diárias deveriam estar no auge.

Mas nem tudo está perdido. Para quem trabalha com forças limpas, ainda que densas, como as dos verdadeiros exus, existe uma tolerância. Eles sabem que não é nossa culpa e que precisamos trabalhar para pagar as contas, e continuar a travar labutas ao seu lado. Principalmente quando as actividades são diurnas, como as minhas. Para quem age à noite, sem problemas, até porque trabalhos noturnos não são necessáriamente diários; os meus são.

No meu caso, eu faço algo que consegui com a prática, sintonizo com o lugar onde é meio-dia e começo com as preces, no horário mais próximo possível do normal. O efeito colateral é que fica um calor do caramba, afinal sintonizei com o Sol, mas os efeitos aparecem normalmente; inclusive parecer que o cérebro vai sair da cabeça.

Por isto reitero o que eu disse em meu primeiro texto no Demônios Internos, andem pelo caminho da luz, os agentes das trevas não têm essa tolerância. Eles estão se lixando para nós, que enquanto lhes servimos recebemos esmolas enfeitadas, mas basta uma falha para que queiram se vingar de ti. Trabalhemos sempre com quem realmente manda no universo, pois enquanto o Estado exercer sua incompetência com tamanha maestria, precisaremos de toda a compreensão com a qual pudermos contar.

Aproveitemos, e trabalhemos para que o "horário de verão" nunca mais seja necessário.

4 comentários:

Fio disse...

GRande, Nanael. Mandou bem, como sempre!

Eu ODEIO horário de verão. ODEIO com todas as forças do meu ser.

Nanael Soubaim disse...

Tu, eu, nós, vós, eles. Incentivar a aquisição de placas solares e geradores estacionários, nem pensar, né?

Luna disse...

Adorei, Nanis. Não entendo nada de luz, nem de trevas, mas tenho certeza de que quem olha por nós sabe que a gente faz o que pode.

Meg disse...

Aqui em na Bahia não tem horário de verão, no tempo em que eu assistia televisão eu adorava isso tudo, pq a programação adiantava aqui. Agora pra mim tanto faz.